Pular para o conteúdo

A capa de um livro, com um olho no centro e abaixo escrito Visionvox

Sinopse do livro

Autor: Luiz Ruffato
Livro: Mário de Andrade: Seus contos favoritos

Sinopse:
No ano de 1938, a Revista Acadêmica, que reunia em seu conselho diretor autores como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Graciliano Ramos e José Lins do Rego, propôs um inquérito a cada um dos membros: “Quais são os dez melhores contos brasileiros?”. Mário de Andrade, na contramão dos colegas, anotou em sua reposta: “Os dez melhores contos da literatura brasileira são, pelo menos, duas dúzias”. Organizado pelo escritor e crítico literário Luiz Ruffato, o livro reúne 23 títulos de 21 autores diferentes citados por Mário de Andrade. Entre eles, Álvares de Azevedo, Machado de Assis (que comparece com três histórias), Artur Azevedo, J. Simões Lopes Neto, Afonso Arinos, Valdomiro Silveira, João do Rio, Lima Barreto, Monteiro Lobato, Roque Callage, Gastão Cruls,Léo Vaz, Menotti Del Picchia, Hugo de Carvalho Ramos, Rodrigo M. F. de Andrade, Ribeiro Couto, Alcântara Machado, João Alphonsus, Darcy Azambuja e Marques Rebelo – todos elencados por Ruffato de acordo com a data de nascimento. Na revista, Mário de Andrade os listou “sem ordem de preferência”, em suas palavras. É interessante notar que o 24º lugar da lista foi deixado em aberto como “vaga para o conto desconhecido”. Na sugestão do organizador, Mário de Andrade, com modéstia e inteligência, preferiu que os leitores intuíssem e preenchessem a lacuna com o nome dele. “Mário de Andrade sabia do valor de seus contos – tanto que praticamente todos os outros autores que responderam ao inquérito da Revista Acadêmica citam-no”, afirma Ruffato. Um dos objetivos desta compilação é tornar público o gosto pessoal de Mário de Andrade, bem como prestigiar o gênero e valorizar os autores que tiveram participação fundamental em diversos momentos e movimentos da literatura brasileira. Suas principais obras, muitas ainda reconhecidas atualmente, são a representação do gosto literário da época.

Clique aqui para voltar para a página principal

2009-2019 Visionvox