Pular para o conteúdo

A capa de um livro, com um olho no centro e abaixo escrito Visionvox

Sinopse do livro

Autor: Márcio Câmara
Livro: Anjos da rua

Sinopse:
O livro “Anjos da Rua – Você é feliz e não sabe” foi escrito pelo taxista Márcio Câmara como pagamento de uma promessa. Após dez anos de desencontros, em 2006 ele decidiu trabalhar como taxista e prometeu: iria ajudar pessoas necessitadas que cruzassem o seu caminho caso conseguisse pagar suas dívidas e não bater o carro. Desde então não parou de aparecer gente para ajudar e muitos “anjos da guarda” apareceram em seu caminho. Filho de portugueses, Márcio Câmara é também conhecido como “Português” ou “Digdi”. Nasceu em junho de 1968 e teve uma infância complicada. “Vim de um berço terrível, racista, avarento, machista, cheio de preconceitos. E acabei levando tudo isso para a minha vida”, diz o taxista. No livro “Anjos da Rua – Você é feliz e não sabe”, Márcio Câmara conta histórias de pessoas que são exemplos de superação como o Sr. Raimundo, um morador de rua; do engraxate Luizinho (que teve paralisia infantil pouco antes de completar dois anos); da cadeirante Débora; do cadeirante Cláudio e sua paixão pela esposa e cinco filhos; do deficiente visual André e seu grupo de pagode “Só Vendo Pra Crer”; do tetraplégico Valdir e a lição de vida de Adaiton. Mas também conta suas histórias, que não deixam de ser emocionantes, como o trecho abaixo: “Foi num farol, às sete horas da manhã, que um bêbado me abordou pedindo vinte e cinco centavos para inteirar um real e comprar uma pinga. Nunca vi tanta sinceridade. Eu só tinha um real, que era para o cofrinho do meu filho, mas dei a ele. Ele olhou nos meus olhos e disse: ‘hoje Deus vai te abençoar tanto que você vai faturar muito dinheiro. Vai com Deus’. Eu fui com Deus e, no final do dia faturei o dobro do que faturava em um dia qualquer. A noite, em minhas orações, comecei a refletir sobre o acontecido” A primeira edição do livro “Anjos da Rua – Você é feliz e não sabe” não teve fins lucrativos. Uma parte dos seus exemplares foi doada para os personagens e a outra parte foi utilizada para custear parte da sua produção.

Clique aqui para voltar para a página principal

2009-2019 Visionvox